Blog
Início » Qual fonte de tráfego do site gera mais resultados?
jun 27, 2017 |

Qual fonte de tráfego do site gera mais resultados?

fontes de tráfego do site

Você já se perguntou qual é a fonte de tráfego do site que gera mais resultados? Alguém acessa o seu site e certamente esse usuário veio de algum lugar..

Nesse infinito universo da internet são muitas as possibilidades!

Quem nunca teve dúvidas sobre a origem do tráfego do próprio site?

Como é muito comum os clientes perguntarem e terem dúvidas sobre as fontes de tráfego. Eu resolvi falar um pouco sobre esse tema.

Vamos lá.. Primeiro vamos conhecer um pouco mais…

Quem são? De onde vem? O que procuram?

de onde vem as fontes de tráfego

Preciso esperar até sexta?… Não! Pode ficar tranquilo que nós te explicamos tudo!! 😉

O primeiro passo

Antes de tudo, você precisa ter a TAG do  Analytics no seu site para que ele consiga monitorar todas essas informações.

A partir do momento em que a tag estiver instalada, o Analytics vai começar a capturar os dados do seu site.

VIDEO

E não esqueça de configurar as metas de conversão ou transação no caso de e-commerce, com elas você consegue monitorar a performance das fontes de tráfego para CONVERSÃO.

Ou seja, além de saber as fontes que levam mais tráfego para o seu site, você consegue visualizar as que geram mais leads, vendas, ligações, etc.

É, agora você vai ter que esperar um tempinho para ter mais dados sobre o site e poder analisá-los.

Lógico que alguns insights já podem ser observados mesmo ainda sem muito histórico.

Você já consegue saber um pouco mais sobre os usuários que estão acessando seu site, as páginas que estão sendo mais acessadas, se a taxa de rejeição está boa, o tempo de permanência no site, etc.

E várias outras coisas que já vão te ajudando a entender melhor como as pessoas vêem o seu site.

O que são as fontes de tráfego?

As fontes de tráfego são as origens de onde o usuários chegou ao seu site.

A partir dos relatórios de fontes de tráfego é possível descobrir informações sobre a audiência do seu site e de onde essa audiência vem.

A análise desses dados são muito importantes, pois dizem muito a respeito do seu cliente e da eficiência na divulgação do seu serviço/produto.

Conhecendo as principais fontes de tráfego

 Tráfego Orgânico

 O tráfego orgânico é todo o tráfego que foi originado de motores de buscas, sem utilização de links patrocinados.

Ou seja: pelos resultados obtidos pelo seu site no Google e outros buscadores sem necessidade de investimento em anúncios.

Um bom posicionamento orgânico é obtido a partir de trabalhos de SEO – Otimização do site para melhorar o rankeamento no Google. Que inclui diversas ações On-page e Off-page.

O que torna o processo mais demorado para geração de resultados, especialmente quando está se tratando de nichos ou mercados muito competitivos, com sites que já são bem relevantes no assunto ou grandes portais.

Ainda não conhece o trabalho de SEO da NoTopo? Conheça mais sobre Otimização de sites!

Tráfego Direto

 No tráfego direto os visitantes digitam o endereço do seu site diretamente na barra de endereços.

Ou já tem salvo o seu endereço e o próprio browser completa o link do seu site.

Como esse público é composto em maioria por pessoas que já visitaram seu site, é provável que eles entrem no seu site para conferir quais são as últimas atualizações e novidades.

Ou retornando em uma segunda pesquisa já sabendo da existência do seu site.

Por isso, urls otimizadas e simples são fundamentais para que seus usuários retornem ao seu site diretamente.

Tráfego Pago

O tráfego pago ocorre através de anúncios publicados no Google, outros buscadores, Anúncios Mídias Sociais, portais de notícias, ou seja, tudo o que é divulgação paga, não importando muito os formatos .

São chamados de links patrocinados, banners, Facebook Ads, anúncio em vídeo, enfim são muito formatos e os mais divulgados são feitos feitos através do Google AdWords.

A empresa investe uma verba nos anúncios que são acionados a partir de palavras chave que participam de um leilão virtual com outras empresas do mesmo segmento em busca de um posicionamento nas primeiras páginas dos resultados de busca.

Veja como aumentar o tráfego do seu site com o Google AdWords!

O importante é ficar atento às características de cada tráfego, por exemplo:

O tráfego pago existe enquanto a empresa pagar por ele. Quando os recursos forem retirados, as visitas e todos os outros resultados também serão.

O tráfego pago possui um retorno mais rápido e um ROI provavelmente bem melhor que os outros tráfegos a curto prazo.

Tráfego Referência

O tráfego de referência é composto por quaisquer sites na web que direcionam tráfego para a sua página através de banners publicitários ou links divulgados em blogs e parceiros, comentários, indicações, etc.

Exemplo, se um site que você confia está falando algo e cita um link, você vai conferir com um olhar diferente, sabendo que o conselho vem de uma referência.

Quando você receber a referência através de um link no conteúdo ou através de um post como convidado para outro site..

Casos em que o usuário já sabe o que encontrar no seu blog, há um interesse muito maior em saber o que você tem a dizer.

Além disso, você ganha a credibilidade de quem te indicou.

Para esses casos, é provável que leiam um pouco para ver se você é interessante e então assinem seu blog ou cadastrem-se na newsletter, curtam no Facebook, etc.

O grande ponto aqui é mostrar que de fato você oferece um bom conteúdo sobre o assunto em que você foi referenciado.

Tráfego Social

O ponto principal aqui é que ou as pessoas querem ser sociais com seus amigos ou querem ser entretidas.

São visitantes que chegaram a seu site por meio das mídias sociais.

Cativá-los pode originar uma clientela que se tornará importante para a divulgação e defesa de sua marca.

eu inseri esse comentário porque eu acho mais pertinente.

tráfego social

São nessas redes que as pessoas normalmente se sentem mais à vontade para oferecer feedback por meio de comentários, além de criarem um laço afetivo com a marca.

As mídias sociais também tem uma grande capacidade de viralizar o conteúdo.

Tráfego de E-mail marketing

O Email Marketing é uma opção de publicidade online rentável e econômica.

As campanhas de email marketing podem gerar tráfego para o site de sua empresa, aumentar o número de vendas/leads e ainda estreitar o relacionamento com seus clientes.

No entanto, apesar de eficientes, eles são também bem arriscados, pois uma campanha mal gerida pode fazer com que os clientes criem imagens negativas da marca.

Para atingir seu objetivo, eles devem ser ricos em imagens do produto, ser bem diretos e com um call to action simples e claro.

Fontes de tráfego x Comportamento

Os usuários de cada fonte de tráfego costumam apresentar comportamentos diferentes.

O tráfego orgânico e o tráfego direto costumam apresentar alto consumo de conteúdo – ou seja, um maior tempo médio de permanência na página e uma alta média de páginas por sessão.

Isso porque o usuário exerce um papel ativo na procura pelo que o seu site oferece.

Porém, quando o usuário acessa seu site pelo tráfego orgânico ele está, em geral, procurando respostas para determinado assunto ou mais informações.

E no tráfego direto o usuário já acessou seu site anteriormente, ele pode ter tido uma boa experiência ou está atrás das informações/serviços que você oferece.

Pois ele sabe que para aquele assunto x, você tem expertise.

comportamento fontes de trafego

Já o tráfego pago costuma apresentar comportamentos variados, pois é possível estabelecer objetivos diferentes para cada tipo de campanha.
Por exemplo:
– campanhas de branding (feita através de inserção de banners em sites parceiros) é indicada para aumentar o conhecimento da marca e os acessos ao site
– campanhas com foco em conversão
– campanhas para vendas como o Google Shopping, entre outras.

E no caso do tráfego referência e tráfego social, a partir da relevância que você adquire sobre determinados assuntos e é citado ou realiza um trabalho específico.
Você pode criar um cenário super favorável para sua marca/empresa.

O tráfego é estimulado a partir de postagens e ads com links para o seu site, que geram tráfego entre as duas plataformas.

Não só para as mídias sociais, mas principalmente, que costumam ser acessadas via mobile.
É importante garantir que seu site está devidamente otimizado para receber os visitantes que acessam através desses meios.

Assistência: O caminho da conversão

 Muita gente não dá importância para as conversões assistidas e depois se arrepende.

Para entender melhor, vamos pensar em um exemplo:

Você está procurando uma bolsa para comprar.

E procura no Google “bolsa de couro preta” abre um site x pelo resultado pago e um y pelo resultados de busca orgânico, olha os dois e decide pensar.

Depois retorna acessando o site x digitando diretamente o link no browser e COMPRA!

No Analytics do site que você comprou, será computada uma venda para o tráfego direto. Ótimo! Termina ai?

Então, eu posso diminuir meu investimento no tráfego pago e deixar apenas o direito cuidar das vendas! Legal, né? Não!

A conversão assistida te mostra os tráfegos que participaram da conversão.

Vamos retomar..

O usuário do nosso exemplo acessou o site x por:

TRÁFEGO PAGO > TRÁFEGO DIRETO

 A conversão foi computada para o tráfego direto mas sem o tráfego pago o usuário poderia nem chegar a conhecer sua loja!

conversões assistidas

Ou seja, essa funcionalidade nada mais é do que uma forma de você observar a importância dos tráfegos, além da conversão final. Mas entender todo o processo.

Por isso, antes de tirar o investimento ou o trabalho de um canal, identifique se o mesmo é importante no fluxo de compra/serviço do seu site.

Qualificação do Tráfego

Essa é uma das dúvidas que mais aparecem, principalmente quando uma empresa quer qualificar os leads recebidos. E aí, vem o X da questão:

Eu consigo ter controle sobre os usuários de todos os tráfegos que chegam ao meu site?

Primeiro, é importante entender que não é possível ter como controlar todas as fontes de tráfego.

Nas fontes pagas você tem diversas opções de segmentação, que ajudam a afunilar o público que vai ver o seu anúncio.

Gerando um tráfego e os possíveis leads mais adequados às opções que você selecionou.

Você pode trabalhar com remarketing e atingir somente:
– as pessoas que já visitaram o seu site
– segmentar por região
– dados demográficos
– canais específicos
– termos específicos, etc.

As outras fontes você não consegue ter um controle sobre quem está acessando, pois variam de acordo com as pesquisas..
Outras formas que a pessoa pode conhecer sua empresa e outros sites que podem citar o seu site.

Todas essas otimizações também trabalham em conjunto.

Pois se o público certo está sendo impactado pelo seu anúncio pago e começa a reconhecer a sua marca..
Certamente ele pode acessar o seu site de forma direta.

O trabalho de otimização de sites vai influenciar o tráfego orgânico.
Já que você seleciona as palavras chave certas para o seu site e te ajudará a melhorar o seu rankeamento nos resultados de busca.

Dá para perceber que quanto mais completo for o seu trabalho, são ainda maiores as chances de conseguir mais resultados!

E você?
Quer entender melhor como funciona todo esse estudo das fontes de tráfego e trazer mais resultados para a sua empresa?

Faça uma avaliação gratuita na Notopo! 😉

Me descobri apaixonada por Marketing e Publicidade e me joguei com tudo! Sou formada em Publicidade e Propaganda. Adoro aprender, fuçar nas redes sociais e sites.. Amo LER! Acompanhe os conteúdo bacanas que eu vou mostrar para vocês ;)

..

2 cometários para “Qual fonte de tráfego do site gera mais resultados?”

  1. Joao disse:

    Seu artigo e TOP.
    Como me ajudou.

    1. Thaís Nambu disse:

      Olá, João.

      Que bom que o conteúdo te ajudou 🙂
      Muito obrigada!

      Acompanhe nosso blog, sempre postamos temas muito bacanas!
      Beijos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.