4 Lições do Varejo nas Mídias Sociais

varejo nas mídias sociais

Não estar na rede social é quase estar fadado a não ser conhecido. Para ajudar você nessa etapa de reconhecimento e posicionamento de marca, separamos algumas lições do varejo nas mídias sociais que são cruciais você saber!

Mas antes de falarmos sobre dicas do varejo nas mídias sociais, você precisa entender qual a rede social certa para o seu negócio.

Para conseguir entender qual a melhor, é necessário ter bem definido:

  • Qual o seu público-alvo – ou seja, com quem você quer falar;
  • Qual linguagem será utilizada;
  • Qual rede social conversa mais com a identidade da marca e com o público-alvo – por exemplo, você não vai achar um público grande de homens entre 30 e 45 anos, empreendedores que falam sobre negócios no Twitter. O Twitter é muito mais utilizado por jovens e adolescentes.

Com tudo isso definido, chega a hora de realmente por a mão na massa. Construindo conteúdos que vão além de apenas adquirir novas curtidas e fãs, mas que também engajem.


Veja também ⇒ Como vender na internet através das Redes Sociais


Um exemplo que deu muito certo nas redes sociais foi a Target, rede norte-americana de varejo, que conquistou mais de 2 milhões de fãs no Facebook.

Eles são uma ótima inspiração para entender como colocar essas 4 lições em prática:

1. Incentive compartilhamentos com benefícios para o consumidor

Trate o seu usuário com carinho e faça ele se sentir especial. Afinal, quem não quer se sentir especial? A Target criou um aplicativo em sua página onde o cliente poderia presentear um amigo com um vale-presente, gerando compartilhamentos e novas oportunidades de transação para a rede.

Não necessariamente você precisa fazer algo assim, mas por que não tentar algo como um sorteio no Instagram que você precisa seguir o perfil e marcar amigos nos comentários para participar?

2. Quando possível, fale com imagens

Fotos e imagens têm melhor desempenho em engajamento. Não adianta só uma foto bonita que não tem nada a ver com o seu conteúdo. Procure trazer imagens que conversem com o que você está falando.

De olho nessa informação, a Target lança mão dessa estratégia, com posts visuais mais freqüentes do que outros conteúdos.


Você sabe ⇒ Por que usar Redes Sociais para empresas?


3. Envolvimento com uma causa social

Cada vez mais esse ponto é crucial para os varejos, principalmente para os de moda – que sempre tem alguma polêmica envolvendo trabalho escravo, infantil e outros. Muitas vezes sua empresa até já é engajada com alguma causa mas seu público não sabe disso. Por que não utilizar isso a seu favor?

A Target utilizou o Facebook para fazer uma campanha social, onde cada 25 votos daria direito a um vale-compra para uma escola. Os posts pediam compartilhamentos, para que os amigos e familiares também pudessem votar para a escola de sua preferência.

Esse tipo de ação atrai uma visibilidade positiva muito grande para a sua empresa. Afinal, você ainda está mostrando que a sua marca pensa em melhorar o mundo em que vivemos.

4. Pense global, publique local

Muitas marcas tratam Facebook e Twitter como um meio de comunicação de massa e acabam perdendo oportunidades. A Target, que sabe muito bem como conduzir varejo nas mídias sociais, customiza seus posts baseada na localização de seus fãs.

Quanto mais você focar na localização e se aproximar do seu usuário, humanizando a relação marca-cliente, mais interação você vai ter e consequentemente, clientes fiéis que vão preferir você por conta do atendimento e relacionamento criado.

 

No final, o mais importante para o varejo nas mídias sociais é sempre colocar a experiência do usuário em primeiro plano, humanizando a relação e mostrando que o indivíduo é mais importante que falar com a massa.

A NoTopo possui um serviço de Treinamento In-Company de Redes Sociais.
Quer saber mais sobre? Acesse aqui!

Compartilhe!

Amo as redes. Conhecimento sem hierarquia é mais que maravilhoso. Amo pessoas, amo viver, gosto de falar e de escutar. Tento, com isso, aplicar essa percepção do outro em tudo o que eu faço. Viajar proporciona o entendimento de que o mundo não gira em torno do nosso umbigo e isso é, de certa forma, libertador. Só sei que nada sei e quanto mais eu sei, menos eu sei. (Sócrates é um lindo) Paixão pelo o que eu faço, Gosto (com G) do que eu faço e Muito de MKT DIGITAL porque tudo é mensurável! Ó SEA... cola na minha! =p

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Como posso te ajudar?