Blog
Início » COMO A IDEIA DA NOTOPO NASCEU até ser uma Consultoria de Marketing Digital?
out 20, 2016 |

COMO A IDEIA DA NOTOPO NASCEU até ser uma Consultoria de Marketing Digital?

Workshop Marketing Digital
Esse texto foi escrito por Juliana Renner, fundadora da NoTopo.com

Comecei a trabalhar com marketing de busca em 2002.

Na época, eu fazia mestrado na Califórnia e o programa do AdWords estava nascendo para o Google. Consegui identificar o benefício que o mecanismo do marketing de busca tinha para negócios de nicho, para que esse pudessem atingir diretamente o público alvo sem intermediários.

E assim, no final de 2002, começamos a fazer adwords para o Varanda Hotel, um negócio de família.

De 2003 a 2007, o Varanda teve uma performance inigualável: enquanto outros hotéis eram obrigados agoogle-primordios entregar 30% de seu faturamento para operadoras, nós vendíamos direto para os clientes, sem pagar os intermediários.

Isso nos garantiu um lucro pelo menos 50% maior que a concorrência, e permitiu que pagássemos o investimento na propriedade.

Nesse meio tempo também aprendi sobre SEO, que é a forma gratuita de posicionar bem um site no Google. Até aqui, tinha trilhado essa jornada sozinha…

Quando saí da Johnson & Johnson, no início de 2008, achei que era a hora de oferecer para mais empresas o serviço. Era bom demais para negócios menores, mas que tinha que ter uma oferta de valor sólida.

Foi aí que lançamos a NoTopo, em agosto, com a aquisição de nosso primeiro cliente, porém o contrato social só ficou pronto por setembro-outubro.

Tivemos o azar de pegar a crise de 2008 (que iniciou em setembro) direto na abertura da empresa. No entanto, isso fortaleceu nossa capacidade de vender o serviço em cima de valor e aprender a escolher nosso time de forma certeira.O time tinha crescidoCrise é oportunidade para consultoria de marketing digital organicamente. Demos sempre prioridade para pessoas que tem uma visão parecida: empreendedorismo, querer fazer uma diferença e ajudar outros empreendedores, querer aprender todo dia.

Minha maior realização foi conhecer essas pessoas ao longo dessa jornada, saber que o Brasil tem jeito e tem mais gente querendo fazer a diferença, e também montar seus próprios projetos.

Hoje sinto que as empresas, os clientes, são que tem elevado o perfil e a importância do marketing de busca e do marketing de conteúdo.

Se fosse pelas grandes agências, que vivem de TV, isso jamais seria oferecido.

As grandes agências lutam contra o online, de forma silenciosa, pois sabem que algo mais eficiente erode o lucro e retira verba da TV, que sempre foi tão lucrativa para eles.conteúdo é a chave para sucesso

O mundo mudou bastante, e boa parte do que fizemos com arte, e construindo uma ciência, hoje se faz com máquinas e é automatizado.

Isso é bom e ruim. Permite que foquemos em outras partes (um dos motivos de a NoTopo ter mudado o posicionamento da para Consultoria de Marketing Digital), mas a vantagem competitiva para as empresas pequenas e de nicho novamente cai, pois o que importa para “ganhar” a bidding war passa a ser quem tem o bolso mais fundo novamente, como era antes do Google.

O marketing de conteúdo passa a ser a chave para as empresas de nicho!

 

O marketing de busca, o SEO e os links são apenas novos canais, não mais o “game changer”.

Como online marketers temos que buscar as novas ferramentas que permitirão novamente um ‘edge’ para nossos clientes: os projetos com affiliates, novas redes de ads baseadas em conteúdo, como o outbrain, e sobretudo, entender que a plataforma passa a ser o conteúdo, e não mais um ou outro canal (não mais o “online” ou o “internet”).marketing conteúdo consultoria de marketing digital

Se o conteúdo é a plataforma, ele precisa ser distribuído em tantos canais quanto consigamos e quantos façam sentido:

  • o SEO ainda é chave;
  • os Affiliates passam a ser críticos para vendas;
  • novas formas de distribuição de conteúdo, como mídias sociais e o outbrain também são importantes, mas o conteúdo é que é chave.

E conteúdo não pode mais ser apenas considerado “o texto”: muitas das redes de distribuição são altamente visuais, como o Instagram e o Pinterest, e o Vídeo é a forma de comunicação que as novas gerações mais entendem.

Ao contrário do vídeo que existia na época da TV, o vídeo de hoje não precisa ser altamente produzido para cativar, nem as imagens.

Enfim, hoje finalmente estamos frente a um admirável mundo novo: a internet foi o grande ‘enabler’ dessa mudança, mas ela é apenas mais um canal. Tudo isso deve ser alinhado com uma sólida estratégia de marketing!

O elemento material da mudança é justamente essa nova forma de comunicação, que permite e se aproveita do diálogo, que “reposta” o conteúdo que os usuários produzem de forma artesanal, em vez de pagar milhões para produtoras de vídeo, que entende que é o diálogo através do conteúdo que torna uma marca forte, grande e coerente frente a seus seguidores.

juliana RennerJuliana Renner, nossa eterna parceira, hoje vive em Miami e toca vários projetos bacanas. Vale a pena segui-la no LinkedIN e conferir o projeto bacanérrimo: Flórida de perto – Instagram e Facebook.

 

NoTopo é uma Consultoria de Marketing Digital, no mercado há 10 anos. O diferencial da NoTopo é a capacidade de desenhar uma Estratégia de Marketing Digital a partir do entendimento do seu Modelo de Negócio. Este processo passa pela definição de um objetivo SMART de projeto, das "personas" do público alvo, a colocação delas no funil de venda, a linguagem a ser usada e os canais a serem explorados.

..

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.